A junção dos fragmentos do ex-prefeito Bruno Martiniano em meio a pandemia

6809

Aconteceu na noite deste sábado (25/07), uma reunião onde se reuniu parte da oposição ao atual prefeito de Gravatá, Joaquim Neto do (PSDB). A oposição, encabeçada e liderada por membros (PSB) do Governador Paulo Câmara, pousou na cidade apenas para “juntar” fragmentos do ex-prefeito afastado, Bruno Martiniano.

Entre os participantes, Júnior Darita (PL) e o ex-padre, Joselito Gomes (PSB), demonstraram junção na pré-chapa, onde os mesmo devem encabeçar como lideres de oposição contra a pré-reeleição de Joaquim Neto.

Outra novidade, foi a retirada do nome de João Paulo de Lemos, da disputa, seguindo como “Soldado” como ele mesmo se alto intitulou, e terá a missão de unir a oposição, segundo ele próprio.

Na imagem propagada nas redes sociais, pessoas que foram ligadas, tanto na campanha do ex-prefeito afastado (no tempo), tanto, participaram da gestão, se unindo novamente. Nada de novo como sempre.