Em entrevista: Prequé reafirma pré-candidatura a Vereador em Gravatá

27531

O ex-prefeito da cidade de Gravatá, Luiz Prequé, participou de uma entrevista na noite desta quinta-feira (13/08), no programa ‘Arroxa o NÓ‘, com o Jornalista, Cláudio Castanha e Fernanda Tavares.

Durante a entrevista, Prequé relembrou sua trajetória política quando era prefeito de Gravatá e quando assumiu como vereador. Afirmou que Gravatá foi destruída entre o período de 2013 a 2016, onde em 2015, Gravatá chegou ao ponto de ser assumida pela primeira vez na história, por uma intervenção.

Perguntado por Castanha, se um grupo se unisse ele teria interesse na pré-candidatura a prefeito, Luiz não mediu palavras e descartou a possibilidade, destacando com veemência que é pré-candidato a vereador por Gravatá nestas eleições.

Ele não citou partido, mas nos bastidores, cogita-se que ele venha pelo PSD de Joaquim Lira. Rafael Prequé, filho de Luiz, esteve presente, acompanhando o pai e já deixou claro que caminhará junto.

Com a afirmação de Luiz Prequé, como pré-candidato a vereador, dois VEREADORES DE MANDATO, e pré-candidatos a reeleição, andam preocupados com suas cadeiras e paletós, já que os mesmo foram eleitos na sombra de Luiz Prequé.

INTERVENÇÃO FOI UM GOLPE?:

Castanha perguntou a Prequé se a intervenção que impossibilitou seu filho o ex-vice-prefeito, Rafael Prequé, foi um golpe. Ele não afirmou, mas também não descartou, mantendo a resposta para uma próxima entrevista com o próprio Rafael Prequé, mas comentou que: “se tivesse recorrido na justiça, Rafael teria assumido, mas para evitar maiores problemas, preferiu deixar seguir a intervenção“.

Com quem ele vai trilhar nestas eleições?

Em resposta a um internauta, Prequé afirmou que trilha com o atual prefeito, Joaquim Neto do (PSDB), mas que aguarda as definições do seu partido, após as convenções.